Segunda-feira, 1 de Junho de 2009
Tristes figuras

As últimas intervenções de Vital Moreira são perfeitamente justificáveis ao contrário do que se pode imaginar.

O Vital é, neste ponto mas não só, um verdadeiro português ou um português de gema. Daqueles que odeia que se diga mal, porque dizer mal de uma coisa, seja ela qual for e sobretudo ideias, é dizer mal da pessoa, não há diferença naquela cabeça. Se alguém diz mal do que Vital pensa, diz, propõe ou defende só pode fazer por inveja, ressentimento, etc… E ele exige que o acarinhem, não basta encolher os ombros ou apenas aturar-lhe disparates, ele exige que o aplaudam.

Note-se, não estou dizer que esta crítica ao candidato Vital Moreira, político, é indiferente ao Vital Moreira cidadão português, só me é indiferente a mim quem é o ilustre cidadão. Já para Vital Moreira e não só, a coisa é diversa. O candidato é o cidadão, se critico um é porque invejo os dois e como não poderia deixar de ser, falo em nome de um colectivo.

Senão vejamos, Vital acha que o BPN é uma roubalheira e é. Acha que andavam por lá umas figuras “gradas” do PSD e andavam. Até aqui tudo bem?

Para Vital Moreira não basta, mesmo pondo de parte que pelo BPN passarinharam muitas figuras “gradas” de outros partidos, o candidato acha que o PSD – como colectivo que não é ou foi – deve demarcar-se da “roubalheira”. Não ocorre a Vital Moreira que nem o PSD, nem o PS, ou outros partidos democráticos se revêem nesta ideia do colectivo tão ao gosto de outros tempos e imagino que Vital, porque nisto é de uma coerência a toda a prova, se achar que os casos que envolvem figuras “gratas” do PS são uma “roubalheira” exigirá ao PS que se demarque da mesma.

Vital Moreira nem sequer inova neste ponto, porque pede à liderança do PSD que se demarque como se o PSD fosse o PC, que não é, imaginando que o todo-poderoso Secretário-Geral Socialista e o actual PS são o que de mais parecido ele imaginou um dia para um PC democratizado. No fundo, Vital Moreira confunde tudo mas isso também não é novidade nenhuma. Só Sócrates é que não confunde porque, como se tem visto, nestas coisas não se mete porque – ao contrário do candidato Vital – tem quem por ele faça figuras tristes.


publicado por Afonso Azevedo Neves às 08:38
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


posts recentes

...

Nas legislativas será de ...

O poder do agora

Missão Cumprida III

Missão Cumprida II

Missão Cumprida

Um retrato

Para todos

Ainda há muito trabalho a...

Socialistas grandes derro...

arquivos

Janeiro 2010

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds