Quarta-feira, 3 de Junho de 2009
Diferenças essenciais!...

 

Vital Moreira tenta, por todos os meios, associar o PSD à “roubalheira” do BPN, como ele diz. E pede responsabilidades ao PSD. Mas não o ouvi invocar o caso Freeport, para pedir responsabilidades ao PS.
Não foi o PSD que geriu o BPN, nem foi o PS que se meteu na embrulhada do Freeport. Num caso e noutro, a responsabilidade é individual, não é colectiva, não é do Partido. E nenhum dos Candidatos teve algo a ver com o BPN ou com o Freeport. A matéria em causa, para pessoas limpas e de bem, nunca seria assunto de campanha. 
Vital Moreira, como professor de Direito, devia sabê-lo bem. E agir em conformidade. Mas, ao contrário, deu guarida àquela  ignominiosa atitude inquisitorial de achar que é criminoso quem se cruza com criminosos na rua. É esse espírito que o leva a esquecer princípios básicos de direito que, como cidadão formado, professor e candidato a deputado muito devia prezar.
Forma desprezível, esta, de fazer política.
Que bem contrasta com a do PSD, que não faz do Freeport um motivo de campanha.
Há diferenças essenciais!...  

publicado por a. pinho cardão às 15:19
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

2 comentários:
De Luis Melo a 3 de Junho de 2009 às 16:16
"Vital Moreira, em campanha para as europeias pelo Minho, congratulou-se hoje com o exemplo bem-sucedido do Avepark (parque tecnológico empresarial), situado em Guimarães, classificando-o como "uma espécie de Silicon Valley" no verde Minho bucólico."

É um insulto para as gentes do Minho, e principalmente do Ave, o que o candidato do PS fez. Numa região em que o desemprego ronda os 20%, Vital Moreira despreza a crise social (de que tanto falava antes de ser candidato) e as pessoas que são afectadas, preferindo dar relevo a um oásis no meio do deserto.

Isto só revela a falta de sensibilidade, e hipocrisia de uma pessoa que se diz de esquerda e que se vendeu totalmente ao PS de Sócrates, utilizando os mesmos meios deste para atirar areia aos olhos das pessoas.


De António Oliveira - Portalegre a 3 de Junho de 2009 às 23:35
Eleição ontem realizada para o Conselho Científico da Faculdade de Diretio da Universidade de Coimbra (acta disponível na net, basta aceder ao sítio da Universidade de Coimbra e linkar para a Faculdade de Direito): um único profesor (UM ÚNICO!) não recebeu qualquer voto (NEM UM!) dos seus pares / colegas docentes da referida Faculdade. Trata-se de um tal de "Doutor Vital Martins Moreira"... Será que é quem eu estou a pensar? Se o Sr. não merece a confiança de um único dos seus colegas de profissão na sua própria Faculdade, como é que pede a confiança (e o voto) dos Portugueses?


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


posts recentes

...

Nas legislativas será de ...

O poder do agora

Missão Cumprida III

Missão Cumprida II

Missão Cumprida

Um retrato

Para todos

Ainda há muito trabalho a...

Socialistas grandes derro...

arquivos

Janeiro 2010

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds